04 setembro 2006

Ramon Moreira



Acordar

Num mundo perdido vislumbrei-me em versos
Num mundo esquálido convalesço em sonhos
Aos prantos rogo uma canção pra ti
Onde estava quando não ao teu lado?
Solidão mareja os olhos
Paz não me traz o espírito
Que a sede de luta me abasteça o corpo
Que loucura me faz querer paz com espada?
Não é destino ser andarilho
Menos buscar na solidão liberdade
A cada batalha uma guerra perdida
E na mente a crença tola de ser além
Deveras tenho pena deste ser
Pois que razão não há no menor de meus gestos.

1 Comments:

Blogger No Escuro said...

'Menos buscar na solidão liberdade'


Eu quero aprender a ser livre e não me sentir sozinha.

05 setembro, 2006 22:14  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home