03 setembro 2006

Jorge Maia


POEMA EM FORMA DE AGENDA INCUMPRÍVEL (Ou agenda em forma de poema improvável)

pra Priscila Esteves



Comer mais fruta
Perguntar quem é antes de abrir
Aprender alemão
Suar
Dormir cedo
Pedalar muito
Ligar para pelo menos três
Pensar
Comprar aspartame
Rezar
Contatar Fernanda
Plantar coentro
Chorar
Cumprimentar pelo nascimento do bebê
Traduzir todas as letras
Mentir por razões nobres
Perdoar
Tomar dois, em jejum
Perguntar como foi a viagem
Cobrar
Tentar compreender por que
Olhar para o céu
Fazer o que deve ser feito.

1 Comments:

Blogger No Escuro said...

Jorge

Sua agenda pertence ao mundo! Todos nós tentamos pautar algo diariamente, mas nossos rumos por vezes, nos afastam das coisas mais preciosas da vida.


Como diria Carpinejar:

"Fazer as coisas pela metade é a minha maneira de terminá-las..."

Bjs
Ana Cristina.

03 setembro, 2006 17:05  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home