03 setembro 2006

Hélio Aroeira


Hoje meu coração
acordou de ressaca.
Foi muito vinho e muita lágrima
pra tanto sentimento sorvido.

Oxigênio estampado.

Foi muito passado passado a limpo.
Foi muito presente oxidado.

2 Comments:

Blogger No Escuro said...

Putz Hélio

Essa sua foi perfeita demais!!!

03 setembro, 2006 12:31  
Blogger No Escuro said...

Helio

Uma ressaca dessas, de vez em qdo faz muito bem! Estranhamente quisera eu oxidar meu presente constantemente.

Nos recompõe!

Olha Mineirinho:

"... A treva mais estrita já pousara
sobre a estrada de Minas, pedregosa,
e a máquina do mundo, repelida,

se foi miudamente recompondo,
enquanto eu, avaliando o que perdera,
seguia vagaroso, de mãos pensas."

Carlos Drummond de Andrade)

Bjs
Ana Cristina.

03 setembro, 2006 17:16  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home