21 agosto 2006

Lô Borges


PURA PAISAGEM

Linda , como se fosse a terra, vista do espaço aberto ,
acho você tão linda que nem sei falar ...
Frágil , como se fosse neve, claro canal sereno
ou um luar de prata, na velha Amsterdã ...
ou pura paisagem do porto quando a tarde cai
te dou essa rosa , tão rosa como você vai
gota de orvalho na grama lá de Peckham Rye ...
Minha , pode ser minha dona, rambla de Barcelona
é um sol radiante , las puertas de Madrid ...
ou linda é Roma e vejo que você é mais
ainda mais linda que a chuva dos canaviais
tem a beleza das pedras e dos animais
Leve , folha que o vento leva jogo a minha vida ,
na linda promessa de ter seu amor .
Linda , como se fosse a terra vista do espaço aberto ,
acho você tão linda que nem sei falar ...
Frágil , como se fosse neve claro canal sereno
ou um luar de prata na velha Amsterdã ...
ou pura paisagem do porto quando a tarde cai
te dou essa rosa tão rosa como você vai
gota de orvalho na grama lá de Peckham Rye ...
Leve , folha que o vento leva, jogo a minha vida ,
na linda promessa de ter seu amor .

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home