28 abril 2007

W. Wordsworth




How strange that all The errors, pains, and early miseries,

Regrets, vexations, lassitudes interfused

Within my mind, should e'er have borne a part

And that a needful part, in making up

The calm existence that is mine when

I Am worthy of myself. *

___________________________________________________________________

*
Como é estranho que todos

Os erros, sofrimentos e males de outrora,

Remorsos, humilhações e cansaços misturados

Na minha alma, tenham tido a sua parte,

A sua necessária parte, na criação

Desta calma existência que é a minha quando

Sou digno do meu ser.


The Prelude (1850)

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home