01 dezembro 2006

Ana Cristina Souto


Encantos Naturais


Cinzas da tarde;

névoa que esfumaça.

Agora chuvinha fina...

E finjo que minto

quando me induz

ao inventar sons em teu corpo.

- Há em ti o tom -

roçar de teus pêlos

- Chocalhar de teus guizos;

Minha serpente.

E teus cabelos de tempestades!

- Encantos naturais...

Corpo sem censura,

que cobre meu ventre

sem nunca se fartar de ti

às emoções finais,

néctar gemido;

e me banha de gim,

Apesar da chuva...

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home