01 dezembro 2006

Ana Cristina Souto


O dragão-serpente, que devora a própria cauda, em grego "que devora la cola", constituindo um círculo,
na Fenícia e Grécia recebeu o nome de Uoroborus, que significa simbolicamente o universo e a eternidade.

Infindável


Meu amor por ti
de tão imenso
conflui-se com meus
pêlos e unhas;
que teimam em crescer
- involuntariamente –

Permanecendo assim

após

- a minha / à tua partida...

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home